Ana Laíns - Quatro Caminhos

Print

Artista: Ana Laíns
Título: Quatro Caminhos
Formato: CD com booklet de 16 páginas

Línguas: Português / Inglês

Género: World Music / Fado / Portugal
Nº de Catálogo:  SM004-CD​​​​​​​
Cód. Barras: 5605064700207

Data de reedição: 8 de Julho de 2013

“Quatro caminhos” é um disco ousado, muito pensado e sentido, em que a cantora confirma a sua diversidade e coerência na portugalidade: “ Ao longo de muitos anos fui cozinhando uma cantora versátil, colorida, porque a força das circunstâncias assim o quis. Sinto que sou muito mais rica porque tive a oportunidade de me aventurar em muitas formas de expressão musical. Tirei destas viagens as melhores ilações, os melhores ensinamentos, e hoje vejo a música como uma forma de expressão livre e globalizada. Pode parecer um paradoxo, mas talvez este conhecimento seja o maior motivo da minha fidelidade ao Fado, à música tradicional e à língua portuguesa. Sou filha de um país magnífico, com uma cultura musical muito rica e inspiradora. Eu sou o resultado deste amor por uma portugalidade que foi, ao longo da história, provando que se pode ter uma identidade

com tantas cores.” Ana Laíns

ANA LAÍNS - QUATRO CAMINHOS

Biografia

Ana Laíns canta pela primeira vez em público aos 6 anos, desde cedo a artista nascida em Tomar descobre o seu talento inato para a música e aos 15 anos canta o seu primeiro fado. Após ter vencido a Grande Noite do Fado de Lisboa em 1999 decide levar a sério a sua carreira musical e faz actuações nos Estados Unidos, Alemanha, França, Bélgica e Luxemburgo.
No ano 2000 surgem os seus primeiros registos em estúdio participando em algumas compilações.
Apesar de ter assinado o seu primeiro contrato discográfico em 2003 com a editora Difference a convite de Samuel Lopes, só sentiu maturidade para gravar o seu disco de estreia no final de 2005, contando com a ajuda de Diogo Clemente na direcção musical e produção. Em Abril de 2006 chega por fim ao mercado o seu primeiro álbum “Sentidos” onde Ana Laíns interpreta alguns dos seus poemas de eleição de Florbela Espanca, Lídia
Oliveira, António Ramos Rosa entre outros e conta com um naipe de músicos de excepção.
A tournée de “Sentidos” passa por Espanha, Bélgica, Holanda, Rússia ou Grécia onde foi considerada “A diva de um fado diferente”, a crítica internacional teceu rasgados elogios ao trabalho e a revista britânica Songlines salientou o exercício absolutamente contemporâneo da cantora no fado. Em Portugal foi considerada uma grande revelação por dar uma nova cor ao fado e á música portuguesa.
No verão de 2009 surge o convite de Boy George para gravar em dueto “Amazing Grace” incluído no seu novo trabalho, justificando-se “Your voice is sublime”.
Em Fevereiro de 2010, no ano em que Ana Laíns comemora 10 anos de carreira, lança o seu novo álbum “Quatro Caminhos” que conta novamente com a cumplicidade de Diogo Clemente na produção e direcção musical.
Continuando a sua incursão pelo fado e pelas músicas tradicionais com autorias de Diogo Clemente, Amélia Muge, José Manuel David, Filipe Raposo entre outros. No que respeita a palavras a cantora privilegiou a temática vida e as suas várias perspectivas, escolhendo poemas de Natália Correia, o uruguaio Rúben Darío ou o brasileiro Carlos Drummond de Andrade e estreia-se como escritora com uma homenagem ao fado no tema “Não sou nascida do fado”.

Videos

Quatro Caminhos

Condição

Amazing grace, Boy George ft Ana Lains

www.analains.com
www.myspace.com/analains

Quatro Caminhos 

Condição

Da morte não espero nada 

Não sei porque te foste embora 

Não sou nascida do fado 

Parolagem da vida 

Afinal 

Beijo-de-moça 

Na rua dos meus ciúmes 

Esta saudade não quer partir 

A ti 

Ricochete 

SevenMuses © 2018